O empresário Donald Trump foi eleito o 45º presidente dos Estados Unidos, e os atores e a equipe de The 100 não ficaram satisfeitos e nada felizes com o acontecido, assim como boa parte do mundo.

Por meio de redes sociais os atores mostraram seu descontentamento, Eliza Taylor chegou a comparar a eleição de Trump como o pé-inicial para o início do mundo apocaliptico de The 100. Já Lindsey Morgan, descendente de mexicanos, se disse preocupada consigo e sua família.

This is how #the100 would have started, I’m pretty sure… #electionday

“Isso é como T teria começado, eu tenho certeza…” 

“Isso é uma piada? Desculpe, talvez eu esteja confuso. Mas o que!? O que!? Não posso. Eu não posso” Bob Morley comentou sobre Trump se eleger.

Henry Ian Cusick, o Kane na série, apenas postou uma foto da bandeira dos EUA virada de cabeça para baixo.

Adina Porter se disse desapontada com o resultado.

O produtor Aaron Ginsburg que já havia pedido para não votarem em Trump, também se manifestou.

“Filmando a noite toda em um deserto pós-apocalíptico. Não, não é a América. Porém bom palpite.”

Lindsey Morgan se mostrou preocupada e disse estar de coração quebrado.

“Ainda continuou sem palavras. Com o coração partido. Devastada. E assustada com medo por mim, minha família, amigos, país e do futuro.”

Quer ficar por dentro de TUDO sobre a série e os livros? Acesse nosso site diariamente e nos siga no Twitter: @The100Brasil