“Poucas pessoas sairão vivas” diz Tasya Teles sobre 4ª temporada de The 100

0

A personagem de Tasya Teles em The 100, a grounder da Nação do Gelo, Echo, claramente roubou a cena no primeiro episódio da 4ª temporada.

Echo é o típico personagem vilão que os fãs irão amar odiar, e tudo isso graças ao incrível trabalha que a atriz vem fazendo. Tasya conversou com o site Seat42F sobre o futuro de sua personagem e a 4ª temporada de The 100, além de revelar como é trabalhar na série.

Como você descreveria quem é Echo? O que você mais admira ou gosta dela?
TASYA: Echo é uma guerreira badass com habilidades de espada como samurai, ela é ferozmente leal pelas pessoas que ela luta. Ela é parte da Guarda Real da Nação do Gelo, e sua melhor espião, o que é incrível. Parte do que faz um grande espião é que eles são tão paranoicos o tempo todo, é o que a mantém emocionalmente distante dos outros. Ela não confia nas pessoas tão facilmente e vive na simplicidade segura de sua missão: proteger o Rei. Há certamente um lado emocional de Echo, mas ela irá fazer o seu melhor para nunca deixar ninguém vê-lo. Eu amo que ela nunca desista sem antes lutar, e ela também é incrivelmente resistente e muito inteligente. Isso é o que a torna tão perigosa.

Depois de trair a confiança de Bellamy na terceira temporada para que a Nação do Gelo destruísse Mount Weather, Echo o vê como amigo ou inimigo?
TASYA: É difícil dizer exatamente como ela o vê. Talvez em algum lugar no meio disso.

Echo está abalada em trair a confiança de Bellamy depois que ele a salvou heroicamente na 2ª temporada da Colheita no Mount Weather?
TASYA: Bem, ela salvou sua vida tirando ele do Monte Weather. Mas sim, em algum nível eu tenho certeza que há remorso.

Geralmente, qual é a jornada que Echo irá seguir na 4ª temporada?
TASYA: Todo seu sistema de crenças será desafiado várias vezes. Você verá sua luta várias vezes durante a temporada, tanto fisicamente como mentalmente. As negociações entre os clãs são mais complicadas do que nunca, e o comprometimento não é o forte de Echo. Ela não é boa em ligar com questões que envolvem humanidade ou negócios. Ela não é racional ou emocional; Isso é uma parte do que ela aprendeu, e essa será sua jornada na quarta temporada.

Quais são as chances de Echo continuar viva durante toda essa temporada?
TASYA: Muitas poucas pessoas sairão vivas nessa temporada. Está devastador. Isso é tudo o que tenho a dizer.

Como foi trabalhar mais tempo com Eliza Taylor, Bob Morley e Zach McGowan? Alguma cena ou um momento favorito que você possa compartilhar?
TASYA: Oh meu Deus. Eu amo tanto eles. Tivemos inúmeros momentos de insanidade, risadas e todo o resto. Me recordo do dia em que Zach e eu aparecemos com nossa pintura de guerra da Nação do Gelo. Bob achou que era a coisa mais engraçada que ele já havia visto. Ele pegou muito no meu pé. Ele ficava nos chamando de pandas, o que ocorreu no resto da temporada. Em seguida, Zach descobriu um aplicativo que tinha uma cara de panda, e assim, corríamos por aí se divertindo tirando fotos nossas . Os pandas roubando todos os biscoitos da equipe de artesanato, os pandas à noite, os pandas agredindo os colegas, os pandas foram imparáveis!

Qual é a sua parte favorita em trabalhar em The 100?
TASYA: O elenco. A história. As coisas loucas que eu faço no set. Falar aprender Trigadeslang. Trabalhar na floresta. Nosso caminhão de serviços de artefatos. Coreografar as lutas. Trabalhar com a melhor equipe de todas. Ser uma parte desta história realmente especial é um privilégio enorme para mim.

Qual foi uma das coisas que você aprendeu trabalhando em The 100?
TASYA: Viver o momento agora. Que qualquer coisa pode acontecer.

O que você espera que os espectadores aprendam ao assistir a 4ª temporada?
TASYA: Que há muitos lados de uma história. E na maioria das vezes, ninguém é completamente inocente.

A 4ª temporada de The 100 vai ao ar toda quarta-feira nos EUA pela CW. No Brasil a série será exibida pela Warner Channel em abril de 2017.

Quer ficar por dentro de TUDO sobre a série e os livros? Acesse nosso site diariamente e nos siga no Twitter: @The100Brasil