Em The 100 os personagens quase nunca têm tempo de resolver questões internas ou parar para conversar sobre o passado, já que uma ameaça maior está sempre fazendo com que eles corram contra o tempo para salvar seus amigos e a si próprio.

Embora a série seja cheia de ação, o produtor da série Jason Rothenberg diz que a sexta temporada oferecerá aos personagens um tempo para digerir o que aconteceu até o momento atual.

“Eles terão tempo para resolver seus problemas um pouco este ano”, fala Rothenberg. “Há muita coisa entre eles que precisa ser trabalhada. A receita [da série] para mim sempre foi uma mistura de cenas épicas com cenas íntimas. Eu gosto de sempre tentar colocar um pequeno momento de emoção dentro de uma grande seqüência de ação. Sem isso, acho que as pessoas não se importariam tanto com as grandes sequências de ação.”

Para a atriz Eliza Taylor, que interpreta Clarke Griffin, a ideia de mais momentos pessoais é importante também.

“Acho ótimo que haverá mais conversas e reflexões sobre o que houve acontecendo nas últimas cinco temporadas”, diz Taylor. “Na última temporada nós realmente não tivemos a chance de ver Clarke falar sobre todas essas coisas.”

A 6ª temporada de The 100 estreia em 2019 na CW. As quatro primeiras temporadas já se encontram disponíveis na Netflix do Brasil!

Quer ficar por dentro de TUDO sobre a série, os livros e os atores? Acesse nosso site diariamente e nos siga no Twitter: @The100Brasil