The 100 3ª Temporada: Rhiannon Marie Fish fala sobre o futuro de Ontari

0

Rhiannon Marie Fish é a atriz que interpreta a enigmática personagem Ontari em The 100. A personagem apareceu pela primeira vez no quarto episódio da terceira temporada e retornou com destaque no total no sétimo.

Em entrevista ela compartilhou como conseguiu o papel na série, o futuro de sua personagem, relação com outros personagens e muito mais.

Quando você recebeu o primeiro resumo de Ontari, quais informações havia sobre a personagem?

RMF: Isso foi interessante porque eu, na verdade, fiz audição com uma das cenas de Lexa da segunda temporada, que foi a primeira cena dela. Ela está disfarçada como uma criada e então, revela que ela é a Comandante. Isso foi interessante porque foi a primeira vez que eu fiz uma audição de uma cena já feita antes. Então eu entendi que havia algumas semelhanças entre as personagens, mas eu também queria fazer a minha própria, obviamente, porque as duas personagens são muito diferentes. Assim, além da cena, eu só tive um resumo que dizia que ela era uma Grounder e era ferozmente leal ao seu povo. Foi basicamente isso.

O que te atraiu para o papel?

RMF: Eu sempre fui uma fã da série, então assim que eu vi o e-mail que chegou dizendo “The 100” eu fiquei super animada. Eu não me importava que tipo de personagem seria – eu estava apenas super animada para ter a oportunidade de fazer uma audição para a série.

O que você pode compartilhar sobre a dinâmica entre Roan e Ontari?

RMF: Acho que essa é uma pergunta interessante, porque eu acho que há uma lealdade entre eles porque ambos são da Nação do Gelo. Mas eu acho que Ontari é o tipo de personagem que se coloca acima e antes de todos. Então, se ela tem que pisar em cima ou embaixo de Roan para conseguir o que quer, ela absolutamente irá fazê-lo. Ele é o rei, mas ela é uma Nightblood. Então, ela sabe que tem algum poder, apesar do fato de ele ser o rei.

Qual a atual dinâmica entre Ontari e a Nação do Gelo agora que a rainha está morta?

RMF: Eu acho que foi algo realmente interessante para mim porque quando eu estava lendo os episódios, eu não conhecia exatamente a relação entre a rainha e Ontari. Então, quando a rainha morreu eu não tinha ideia do que isso significava. Ontari era uma fã da rainha? Eu nem mesmo sabia como era a relação delas. Então, eu estava realmente interessada no episódio 309 para ver como Ontari se sente sobre a rainha e na verdade fiquei surpresa ao ver como ela se sentiu em relação a Rainha Nia.

Nós vamos aprender mais sobre a história de fundo de Ontari e os ensinamentos que a rainha deixou para ela?

RMF: Sim. E eu acho que a coisa legal de “The 100” é que Jason faz um ótimo trabalho em dar uma história de fundo para todos. Ninguém é simplesmente ruim porque é. Tudo que os personagens fazem vem de algo que aconteceu a eles no passado. Isso é o que eu acho legal no 309, porque nós descobrimos o que aconteceu com Ontari e o que a rainha fez para fazê-la ser do jeito que é agora.

Será que nós também vamos descobrir se ela sabia de alguma informação sobre Clarke e Lexa e o relacionamento delas?

RMF: Bem, pelo o que eu recolhi do 309… Eu sinto que isso não é exatamente o foco principal de Ontari. Ela não está muito preocupada com os relacionamentos de outras pessoas ou com os Skaikru. Ela tem um objetivo e um foco principal e isso é tudo com que ela se preocupa.

“The 100” tem algumas das mulheres mais ferozes da TV e eu mencionei que elas parecem ser quase super-heroínas. O que significou para você interpretar o papel corajoso e inflexível de Ontari?

RMF: Eu acho que foi muito legal. Eu acho que as personagens femininas são tão fortes e eu amo isso! Elas não precisam de um homem para torná-las poderosas. Acho que é algo muito raro e especial. Eu acho que o que Jason está fazendo é absolutamente incrível e tão importante. Porque é a verdade! Nós não precisamos de um homem, honestamente. Mas acho que algumas vezes, na TV, há mulheres que parecem precisar de um príncipe ou cavaleiro de armadura brilhante. Então, às vezes, as meninas da vida real acham que elas precisam ser resgatadas por um príncipe ou cavaleiro de armadura brilhante. Mas, acho que somos mais do que capazes de lidar com as coisas por conta própria.

tumblr_o4racgEXJ61ug3iiho1_1280

Como foi a transformação para você se tornar Ontari?

RMF: O processo de escarificação é realmente badass! Eu não tinha ideia do que eles iam fazer e acho que não fizeram tanto no dia. Eu só, tipo, sentei lá e eles brincaram com a escarificação. Depois de ter passado e eles terem feito os penteados loucos com os dreadlocks e o traje… Você absolutamente sente que está em um mundo diferente e é uma pessoa totalmente diferente, o que é muito legal. Acho que também é legal como os Grounders têm tatuagens e a Nação do Gelo têm cicatrizes. A coisa é que simplesmente parece que tudo é possível em “The 100” e eles certamente não têm quaisquer limites com cabelo e figurino.

Como foi aprender Trigedasleng?

RMF: Foi muito difícil, para ser honesta com você! Mas eles fazem um grande trabalho com isso. Eles te enviam um arquivo de som do que a fala tem que soar e então, eles têm escrito foneticamente para você praticar. Ainda assim, quando você chega no set, há tanta coisa acontecendo que é como a primeira coisa que sai da sua mente. Eu lembro que estava conversando com Zach sobre isso e simplesmente não importa quantas vezes você passe por isso, é a primeira coisa que você vai esquecer quando pisar no set, com certeza. E então, a parte mais difícil é porque você não pode perguntar a qualquer um, já que é inventado. Não é algo que você pode pesquisar no Google.

Essa temporada parece ser muito a respeito de conexões. Quais as conexões que Ontari estará fazendo para continuar com sua causa?

RMF: Assim que saiu que eu estava na série, foi uma das primeiras coisas que as pessoas estavam perguntando – Com quem sua personagem irá se aliar? Ou, mais especificamente, com quem sua personagem irá se envolver romanticamente? Não estou dizendo que há alguém, mas acho que certamente foi surpreendente para mim quem eu tinha mais cenas e eu acho que as respostas que tive no Twitter, é a pessoa que os fãs adivinharam menos. Então, estou ansiosa para ver o que o público irá pensar quando ver Ontari com essa outra pessoa.

Como foi para você assistir a cena da luta na arena entre Lexa e Roan?

RMF: Foi tão incrível e a coisa mais louca disso é que você simplesmente não sabe quantos cortes foram feitos ou quando um dublê entra. No dia, Zach e Alycia fizeram essa luta do início ao fim com os dois literalmente ali o dia todo. Nada disso era fumaça e espelhos. Era tudo eles! Ambos foram incríveis, por isso foi um prazer absoluto vê-los. Eles fizeram um trabalho incrível e quando a rainha acaba morta, ainda é chocante mesmo que você saiba o que está vindo. E Brenda desempenhou uma boa vilã de forma de que, se alguém tinha de morrer e os fãs estariam bem com isso, era a rainha e não Lexa.

O que você já tomou para si, de ser parte da série?

RMF: Eu acho que tomei muita coisa, mas principalmente foi incrível assistir esse grupo de atores e eu senti que todos e cada um deles realmente queria estar lá e estava tão feliz em ser parte disso. Eles são muito esforçados e talentosos. Estar na mesma sala e vê-los criar a série foi um privilégio absoluto e inspirador para mim. Espero que no futuro eu seja uma parte maior dessa série ou de outra coisa e me comporte do jeito que eles fazem, porque eles são pessoas imensamente talentosas.

A 3ª temporada de The 100 é exibida todas as quintas-feiras no EUA pela emissora CW. No Brasil as exibições acontecem nas segundas-feiras às 22:50h na MTV.

O que você achou da introdução de Ontari na trama? Comente suas expectativas sobre a personagem conosco!

Fonte: StarryMag

Quer ficar por dentro de TUDO sobre a série e os livros? Acesse nosso site diariamente e nos siga no Twitter: @The100Brasil